16 de jun de 2009

desejo

dentre tantos desejos, o maior é você
seu corpo, sexo e suor
nós dois num emaranhado de lençóis e pernas
braços fortes e unhas compridas
a ardência em uma tarde chuvosa
calor no inverno, arrepios incessantes
ouvindo apenas o silêncio da respiração ofegante
e as atuações baratas de um conquistador
encenando personagens imaginários
criados a partir de uma loucura irremediável
muito além de remédios e álcool
tudo cheirando a hormônios desiquilibrados
e ambos embriagados de paixão e saudade

Nenhum comentário: