18 de ago de 2009

Hoje é um dia daqueles, daqueles sem inspiração.
Continua chovendo lá fora e eu decidi ficar em casa. Sentei aqui na frente do computador disposta a escrever algo que prestasse, algo que desse ânimo às pessoas que por aqui passam em seu tempo vago, ou algo rápido para os que passam correndo.
Primeiro pensei em escrever sobre o amor, mas esse já está banalizado, afinal, as pessoas não sabem mais o que é amar, elas apenas "ficam", ou trocam de namorados a cada 3 meses e dizem que amam todos...
Pensei em escrever sobre as dificuldades do mundo, mas isso é um assunto muito amplo pois, as dificuldades são inúmeras... Achei difícil e longo demais.
Pensei também em escrever sobre o cotidiano, mas ultimamente não tenho feito nada interessante além de aperfeiçoar os dotes culinários e de tricô; e pelo que vejo dos conhecidos, todos ocupados demais com seus trabalhos, nada de interessante também.
Por último pensei em escrever sobre os sentimentos, mas eles estão tão confusos. Sim sim, confusos são os meus, eu sei... Eles sempre foram assim na realidade, eu sei, já disse, eu sei! Mas das outras vezes eles existiam, agora está confuso porque acho que não existem mais...

Nenhum comentário: