21 de mar de 2010

.
.
.
.
que nó que me dá
quando quero gritar
e a razão não deixa
.
.
.
.

Nenhum comentário: