2 de jul de 2010

Pois então, acabou a Copa do Mundo para o Brasil.

Pela primeira vez passei a Copa (ou metade dela) assistindo aos jogos sem a 'terrível' narração do Galvão Bueno. E tenho a dizer que estou feliz - em parte - por isso.
Se apenas lendo os jornais online do Brasil já estava de saco cheio do tal de "cala a boca Galvão" e das benditas vuvuzelas... Provavelmente já estaria estressada se tivesse ouvindo ao invés de lendo tudo isso... Oh não! Tenha a santa paciência!

Mas por outro lado, as narrações por aqui para mim são um tanto quando sem graça. Se você não está olhando a tv e apenas ouvindo, só dá pra saber que lá vem algum lance bom porque as torcidas gritam, pois o pobre narrador não se manifesta nunca, nem para mais, nem para menos... Serenidade é seu nome.

Senti falta do mala gritando gooooooooooooooooool infinitamente e da vibração brasileira a cada passo certo.
Hoje, a única manifestação exaltada do narrador foi para dizer que o Brasil estava fora...
O cara passou 90 minutos sem esboçar reação alguma, e quando acaba ele grita Brazil is out!!!!!!!!! O que subentende-se?


Cada um que tire sua conclusão...

Nenhum comentário: