21 de fev de 2011

tenho o prazer (ou cara de pau) de dizer que pelos lados de cá foi adotada a filosofia de que a vida é curta.
a gente sempre dizia isso... mas de fato, somente agora ela estás sendo posta em prática.
aí com essa desculpa a gente faz o que tem vontade: come chocolate em dia de dieta (e finge que nem é com a gente), vai para a balada mais do que deveria, dá uma de vereadora e toma pelo menos 3 saideiras; chega atrasado no trabalho, saí de casa e volta uns 3 dias depois, compra o que não precisa com o dinheiro que não tem só pela satisfação - egoísta diga-se de passagem; programa férias antes de falar com o chefe, acorda as flatmates de madrugada, rouba os bichos de pelúcia alheios e dá uma risadinha sarcástica para quem não deveria... enfim... é a melhor desculpa que achamos para justificar nossos atos insanos.
mas fazer o que, a vida é muito curta... e aqui na terra verde as coisas são mais difíceis (cof cof cof) afinal, estamos longe das pessoas que amamos! 
se não fizermos o que nos agrada (me agrada) o que nos resta?
pecado ou não, um brinde aos prazeres da vida!

Nenhum comentário: