23 de abr de 2011

todo mundo acha que europa é top de linha, 
primeiro mundo e bla bla bla
e sabe o que eu vejo o tempo todo em dublin? lixo!
sim, lixo pelas ruas, nos ônibus, no trem, nas calçadas, 
em frente às lixeiras...


não que seja o tempo todo, não! mas no fim do dia acho meio caos essa questão.
não sei como as pessoas conseguem sujar tanto, uma vez que temos zilhões de lixeiras espalhadas por todos os cantos, há poucos passos de distância entre uma e outra!
custa segurar o saco de salgadinho e a latinha de refrigerante até descer do ônibus?
custa levantar e tirar sua bandeja da mesa ao invés de ficarem empilhando bandeja sobre bandeja?
custa jogar o toco de cigarro no lugar certo ao invés de jogar no chão?

aí sempre tem aquele que diz "ah, mas se não tiver lixo, lixeiro não tem emprego"
pelo amor de deus! aqui temos lixeiros trocando os sacos de lixo constantemente, temos aqueles carrinhos varrendo as ruas várias vezes ao dia, varrendo o lixo e tudo o que estiver pela frente; temos os varredores que varrem os cantinhos para que o carrinho possa aspirar tudo no meio... e mesmo com tudo isso, eles não dão conta de limpar toda a cidade, porque é muita gente jogando muito lixo por aí.

e sabe o que me irrita mais? ver brasileiro fazendo isso... sinal de que, se faz aqui, fazia no brasil e provavelmente continuará fazendo quando voltar, afinal, esses coitados estão longe das boas maneiras e/ou educação. e assim vamos do luxo ao lixo, em qualquer canto do mundo.

mas uma coisa boa que pode ser vista nos ônibus hoje é um cartaz advertindo que se você deixar seu lixo por lá, pode pagar uma multa. não sei se isso vai ser seguido rigorosamente, mas pelo menos entendo que eu não sou a única a me revoltar com esse povo porco.

2 comentários:

Maite Coifman disse...

Criiiis do céu, essa coisa de deixar saco de lixo na rua pra coleta, sem ter 1 lixeira por perto me incomoda tanto, ainda mais pq aqui chove sempre, outra...aqui perto de casa NINGUEM recolhe cocô de cachorro do chão, a gente tem que ir desviando, tirando vomito pelas ruas de finais de semana, somos terceiro mundo, somos pobres mas somos limpinhos!

lauragoup disse...

falei o mesmo pro kauê que esse povo é porco