27 de set de 2009

aquele sentimento de perder algo que ainda não possuo, mas que sempre desejei
é como o vento que passa por entre meus dedos quando coloco a mão para fora da janela do carro para brincar com a velocidade
vem em minha direção, bagunça meu cabelo e vai embora rapidinho
milésimos de segundo
volta!
quero mais... mais vento, mais cabelo bagunçado, menos velocidade

Nenhum comentário: