7 de jan de 2010

Como ja dizia meu amigo Mario Quintana...

Se tu me amas, ama-me baixinho, não o grite de cima dos telhados, deixe em paz os passarinhos, deixe em paz a mim. Se me queres, enfim, tem de ser bem devagarinho, amada. Porque o amor é breve, e a paixão, mais breve ainda.

Porque a felicidade nao precisa ser gritada, basta ser sentida.

Nenhum comentário: