18 de jan de 2010



Todos os dias acordo e sinto uma forte palpitação no peito ao olhar para o lado e ver apenas tua foto no porta-retrato quebrado e perceber que não te tenho mais ao meu lado.

Sinto uma intensa união de alegria e tristeza ao tomar meu café da manhã sozinha na varanda, olhando o mar e pensando que é ele que nos separa... Esse mar azul celeste que se mistura com o céu e me remete à lembrança dos teus grandes olhos a me flertar todos os dias.

Sinto a brisa gelada e lembro das abotoaduras douradas pregadas em um uniforme também azul (não sei se para combinar com os olhos ou com a profissão).


Meu capitão!

Cara séria, sorriso tímido, me faz navegar pelos sete mares com a alma em busca de mais emoções.

Um comentário:

Adriano disse...

nossa..
pra quem isso tudo...w