24 de ago de 2011

estou em uma tpm fora de época, fora de propósito, indesejadíssima!

me comovem os casais apaixonados, suspiro a inocência das crianças e me apaixono fácil pelos velhinhos.
me debulho em lágrimas por qualquer coisa digna de filme mamão com açúcar, ou até mesmo pelas coisas mais banais. choro, e choro sem motivo, que nem criança, soluçando desesperadamente, como se sentisse falta de algo que nunca existiu.

me irrito com nada, com tudo. aqui e ali. todos os dias.
desejo ter uma bolha, só minha, bem grande. um mundo paralelo sem gente que fala sem pensar. que grita sem ouvir. que desafina ao cantar.

cansei das pessoas. elas chegam de mansinho, bagunçam tudo, me enjoam e vão embora. simples assim... simples para eles. para eles bagunçarem e para eu me cansar.

sou fria, sou forte, sou fraca, sou mulher, tenho sentimentos a flor da pele!


Nenhum comentário: