21 de out de 2011


os sentimentos não foram feitos para serem escondidos, principalmente os meus, que são todos à flor da pele. 
não gosto de escondê-los, embora às vezes o faça. e do jeito que sou desligada, é bem capaz de perdê-los por aí e passar a vida viajando à procura deles.
aí sabe como é, né? vem aquela tristeza e raiva acumuladas - sem sentido e sem motivo - que ocupam muito espaço, enchem o meu peito e me dão falta de ar. 
felicidade esquecida é um desperdício, afinal o que colore o mundo são os sorrisos. pra que guardá-los? sorrimos.
então eu choro se me dá vontade, rio quando acho graça, brigo se for necessário. e nem ligo se me chamam de sensível. sentimentos ficam um tanto desconfortáveis dentro da gente. eles nasceram para ser livres. 
pois que sintam o gosto da liberdade!


Nenhum comentário: