11 de ago de 2014

o sábado nunca mais foi livre
o domingo nunca mais foi sono
a segunda nem sempre é trabalho    

e mesmo assim o sorriso nunca parou
o brilho no olhar é alegria que transforma a visão de um mundo até então desconhecido 

Nenhum comentário: